O fabuloso destino de meu coração

Este texto vai para as pessoas que acreditam ser capazes de varrer os sentimentos para debaixo do tapete ou acreditam que todo amor não é nada mais que uma amizade e que nela cabe muitas outras dentro. Ainda não inventaram um guarda-chuva tão grande assim, meu bem!
Ainda que eu fique sorrindo para a vida como eu sempre fiz, esse assunto do coração anda meio complicado de se resolver assim. Às vezes a gente consegue, mas às vezes não. O melhor talvez seja aceitar que não tem preenchimento para o buraco agora, ainda que exista uma linda pessoa que queira muito tapar tudo e deixar o coração inteirinho de novo, ainda que esta nova pessoa seja especial e que goste muito de mim.
Como eu queria ser a Amelie Poulain e dar conta de tudo isso com jeito de fábula..
Eu já perdi um tempão da minha noite, quando devia estar estudando, já estou de saco cheio pelo fato de não mandar no meu coração idiota. Ao menos se fosse alguém que  eu pudesse arrancar fora e enterrar no jardim.. mas não posso.
Talvez seja a pior situação de todas  que já vivi, de todos os términos de namoros e eu nunca mais quero voltar a namorar alguém com quem trabalhe junto. Eu sabia que isso ia dar merda uma hora qualquer.
Eu sei que não poderei ainda suportar ver ele com alguém, somente se eu  ficar longe por um bom tempo e sumir de vez da vida dele e ele da minha.
Fingir é meio complicado, mas não espero que me entenda.
Acontecem muitas coisas aqui dentro, meu amor, eu sei bem que o mundo é grande e todos nós temos mistérios inexplicáveis. Só não me peça para viver o momento.. porque dele quero tudo inclusive a eternidade.
Ser inteira é tudo que consigo ser. Não dá para amar somente pelas metades, dia sim e dia não.. porque os dias são formados de sim e não todo santo dia!
Anúncios

8 comentários sobre “O fabuloso destino de meu coração

  1. anacleto disse:

    emoçoes ,sentimento ,algo tão proprio de nosso ser ;Quem não sofreu por alguem alguma vez ,mas como falam depois da tormenta chega a calma ,felizmente sempre é assim ,é a vida continua yeah!!!!!!

    Curtir

  2. Sayd Mansur disse:

    Tem uma poesia/letra/músicado leminski que fala exatamente assim:

    “Meu coração lá de longe,
    Faz sinal que quer voltar.
    Já no peito trago em bronze:
    Não tem vaga nem lugar.

    Pra que me serve um negócio,
    que não cessa de bater.
    Mais parece um relógio
    que acaba de enlouquecer

    Pra que é que eu quero quem chora,
    se estou tão bem assim,
    e o vazio que vai lá fora
    cai macio dentro de mim?”

    E fica muito bela em qualquer versão que já escutei, a soturna do Arnaldo Antunes e a esperançosa da Vânia Abreu.

    A pouco tempo (pouco?) passei por algo parecido q ainda me atormenta e me suga sempre q deixo o pensamento solto… é dificil ainda ter independencia de sentimentos! arghh!

    Mas não vamos nos embrutecer!
    Temos conhecido tanta gente. Eu sou um otimista boboca, por isso sou suspeito pra falar! Mas espero mesmo q os dias q virão poderão trazer um novo começo, com outras companhias e sentimentos muito especial!
    Vamos brincando enquanto esse dia nao chega né não?! 😛

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s